5 Situações na qual é aconselhável investir na caderneta da poupança

A caderneta da poupança foi criada em 1861 com a finalidade de proteger o dinheiro da inflação e garantir o poder de compra do consumidor. Assim, a poupança se tornou, ao longo do tempo, a aplicação em renda fixa mais tradicional e popular no Brasil.

Até hoje ela funciona basicamente da mesma forma: o cliente de algum banco cria uma conta poupança, que não tem custos ou taxas.

Assim, ele pode depositar lá qualquer quantia em dinheiro e a liquidez é diária. Logo, assim como os depósitos, os saques podem ser feitos em qualquer dia.

Com o dinheiro guardado lá, o consumidor tem a chance de ver o patrimônio aumentar, portanto, quanto mais dinheiro é investido na poupança, maior é o poder de compra do investidor.

A criação aconteceu justamente porque as pessoas “seguravam” o dinheiro em casa e, como a inflação oscilava, o consumidor perdia o poder de compra. Essa história da inflação é muito simples e, para entender, vamos imaginar o seguinte exemplo…

Poder de Compra e Inflação

Uma televisão custa 1 mil reais. Mas, você não tem o dinheiro para compra-la. Então, opta por juntar 100 reais por mês. Assim, ao final de 10 meses, você consegue acumular 1 mil reais.

No entanto, quando chega à loja para comprar o produto, descobre que ele teve um aumento de preço e agora custa 1,1 mil reais.

Com essa situação hipotética, dá para notar que a inflação da televisão foi de 10% no período de 10 meses. Como o investidor ficou com o dinheiro “em casa”, ele acabou perdendo o poder de compra da televisão.

Suponhamos que ele tivesse investido esse dinheiro na poupança, mês a mês e supondo ainda que ela tivesse rendido 10% no período, então, o consumidor poderia comprar o produto.

Reprodução: Google

Esse era o intuito da poupança, quando ela foi criada.

Nova Poupança

No entanto, com o passar do tempo, esse tipo de investimento começou a ganhar novas regras e, no Brasil, a última delas diz que a remuneração da nova poupança seguirá a variação da taxa básica de juros, que é a Selic e é definida pelo Banco Central.

Portanto, quando a Selic cair para 8,5% ou menos, o saldo da poupança vai ser corrigido por 70% da taxa, acrescida à variação da TR (Taxa Referencial).

  • O que isso quer dizer?

Que, nos últimos anos, com a Selic Brasileira alta, os investimentos feitos na poupança não deram bons retornos aos investidores, ficando abaixo, inclusive, da inflação.

Ou seja, é aquela história da televisão. Mesmo que você tivesse guardado seu dinheiro na poupança, não daria para comprar o produto porque perderia poder de compra.

Agora, nos últimos meses, a Selic tem caído e isso pode ser que gere algum resultado positivo para as pessoas que optam por investir dinheiro na caderneta da poupança.

O que nos resta, como bons investidores, é acompanhar o mercado para saber se vale ou não a pena.

Quando investir na caderneta da poupança?

Os especialistas do dinheiro afirmam que existe situações que vale a pena usar a poupança, confira algumas delas:

  1. Quem tem pouco (mas muito pouco mesmo) dinheiro,
  2. Quem quer ter uma reserva de emergências a curto prazo,
  3. Quem busca aplicação com liquidez diária e sem perder rentabilidade,
  4. Quem ainda tem dinheiro aplicado na velha poupança,
  5. Quem não tem conta em corretoras de investimentos.

Claro que para cada uma dessas situações descritas, haverá uma contra resposta, afinal, se você tem o objetivo de aumentar de patrimônio, com certeza, vai notar que existem opções melhores do que a poupança.

E todas as transações na poupança podem ser feitas pelo caixa eletrônico, pelo home banking, agências bancárias, desde que a pessoa tenha uma conta bancária.

Se não tiver, basta ir até a agência portado de documento oficial de identidade, comprovante de residência e de renda.

Curiosidade: o papel social da poupança

A poupança tem o papel social de ser usada para financiar habitações. Conforme a nova lei, 65% dos depósitos feitos em cadernetas da poupança devem ser destinados para esse fim.

Com informações do estadão e infomoney